Insights

A importância do planejamento tributário pós crise para empresas emergentes

Em busca de saídas e alternativas para enfrentar os momentos de turbulência econômica provocados pela pandemia e também por outros fatores as empresas precisam reduzir custos, tornar os seus negócios mais sustentáveis economicamente e traçar estratégias para fechar novos negócios e acelerar as vendas. Certamente, as opções citadas são válidas para reestruturar um negócio. No entanto, existem ainda outras alternativas para a reestruturação dos negócios de uma empresa, sendo uma delas crítica e muito importante, o planejamento tributário.

Com uma legislação tributária ultrapassada e complexa na sua essência muitas empresas acabam pagando mais tributos do que realmente deveriam, muita das vezes esses pagamentos à maior, ocorre pela simples inobservância de aspectos legais, pela escolha do regime de constituição, da atividade ou até mesmo do regime tributário incorreto para determinado tipo de negócio ou então em virtude do não aproveitamento de benefícios fiscais.

Sem sombra de dúvidas, seja lá qual for o motivo, as empresas que não se planejam em termos tributários acabam saindo no prejuízo. Prejuízo esse, que torna-se mais importante e perceptível em momentos de dificuldade e fluxo de caixa reduzido. Montar um planejamento tributário eficiente é fundamental, para isso você precisa de uma assessoria contábil especializada e que detenha profundo conhecimento sobre o arcabouço jurídico e tributário brasileiro. Conte com a BR Efforts!

Neste artigo, vamos listar os principais aspectos e benefícios do planejamento tributário para que você possa compreender de maneira simples e objetiva o quanto ele pode ser importante para a sua empresa.

Os regimes tributários brasileiro e as suas vertentes

Atualmente temos três regimes tributários em vigor no Brasil, são eles:

  • Lucro Real
  • Lucro Presumido
  • Simples Nacional

Cada um destes regimes possui suas próprias alíquotas e sistemática de cálculo dos tributos devidos. O lucro real, por exemplo, tributa as empresas com base no lucro apurado em determinado período, já o lucro presumido, como o próprio nome já diz, tenta presumir o lucro obtido com base nas suas alíquotas e assim taxar as empresas, por fim o Simples Nacional, aplica o cálculo dos tributos devidos com base em faixas de faturamento e tabelas próprias, estando limitado a empresas de pequeno e médio porte, com base no valor do seu faturamento.

Podemos dizer que o planejamento tributário já se inicia durante o estudo e a escolha do melhor regime tributário, afinal a legislação brasileira possibilita em muitos casos que a própria empresa escolhe em qual regime se enquadrar. É exatamente nesse momento que muitas empresas começam a errar quando o assunto é o planejamento tributário. É muito comum por exemplo que certas empresas optem pelo Simples Nacional, quando o lucro presumido era a melhor opção ou então escolham o lucro presumido quando o lucro real era a melhor opção e por aí vai.

O planejamento tributário precisa começar em um estudo profundo acerca dos regimes tributários brasileiro, do faturamento e da atividade das empresas, dentre outros fatores importantes que podem modificar significativamente o valor dos tributos devidos ao longo do tempo.

É importante destacar, que em termos de planejamento tributário cada empresa é única e por isso precisa ser analisada de forma individualizada, afinal não é porque o meu concorrente está inserido em determinado regime tributário que ele necessariamente será o melhor para a minha empresa. Também é preciso dizer e alertar que ao contrário do que muitos pensam, o Simples Nacional nem sempre é a melhor opção.

Benefícios do planejamento tributário para empresas no pós crise

Aqui citamos o pós crise, em virtude do atual momento que vivemos. No entanto, é importante que todos saibam que o planejamento tributário é importante e diga-se de passagem essencial para toda e qualquer empresa independente do momento econômico atravessado por ela ou pelo país como um todo.

Nesse sentido, é sempre importante que coloquemos em evidência ao menos alguns dentre os mais importantes benefícios encontrados por empresas que adotam um bom planejamento tributário. Confira:

Melhor aproveitamento de benefícios fiscais

A legislação brasileira prevê uma série de benefícios fiscais para empresas de diferentes setores da economia. No entanto, muita das vezes por simples desconhecimento ou até mesmo por não saber como tirar proveito da legislação, empresas perdem milhares e até mesmo milhões de reais em benefícios tributários que poderiam gerar a economia necessária para aliviar o caixa da empresa e até mesmo proporcionar e acelerar a expansão dos negócios.

Redução de custos e aumento da competitividade

O pagamento de tributos é mais do que uma simples obrigação legal, são recursos importantes que saem do caixa da empresa e que assim como qualquer outra despesa precisa ser controlado. Chega de pensar que o vilão das contas da sua empresa é o cafézinho ou então um ou outro benefício pago aos seus funcionários.

Chega de penalizar os seus clientes com aumentos abusivos que apenas contribuem para a sua empresa perder espaço no mercado, sobre a justificativa de que os custos do negócio estão elevados. Preocupe-se com o eficiente planejamento tributário da sua empresa, reduza seus custos, torne o seu negócio mais competitivo e veja a sua empresa crescer de verdade. Talvez, a solução para o pós crise da sua empresa está mais próximo do que você imagina.

Redução de problemas com os órgãos fazendários e de fiscalização tributária

Além de ser importante em termos de otimização e redução de custos, o planejamento tributário é essencial para que a sua empresa consiga seguir a risca tudo o que a legislação tributária brasileira prevê, evitando multas, sanções e penalidades aplicadas pelos órgãos de fiscalização tributária.

No Brasil, infelizmente existem muitas empresas que perdem licitações e outras oportunidades e acabam até mesmo indo a falência pela simples falta de planejamento tributário, e o pior, muita das vezes seus proprietários, sócios e gestores nem mesmo sabem ou conseguem visualizar esse motivo.

Atração de investidores

Por fim, vale destacar que as empresas que conseguem montar um bom planejamento tributário se mostram mais preparadas e organizadas para os desafios impostos pelo mercado, atraindo assim mais investidores para os seus negócios.

Existem muitos outros benefícios e aspectos importantes relacionados ao planejamento tributário empresarial. Deseja saber mais sobre eles e finalmente fazer com que a sua empresa para de pagar mais tributos do que o devido?